Sobre a marca das Olimpíadas de Beijing 2008

Postado em

Este post decidiu não ser sarcástico ao extremo então resolvi balancear a informação com uma rápida pesquisa. Encontrei o no blog do Hiro, uma informação muito valiosa que me convenceu. E como dizem as más línguas, o brasileiro é como alemão depois de 20 Chopp, não podia deixar passar a chance de usar o humor mesmo que negro para agraciar os leitores deste. Então… Enjoy.

Primeiro a SACANAGEM

bj000

bj001

bj002

bj003

Sacanagem… e todos sabem o valor de uma ironia. Para me desculpar com as pessoas mais sensíveis, e para os curiosos de plantão,  segue na íntegra o post do Blog do Hiro, espero que o Hiro não fique chateado comigo, pois se o leitor preferir, beba na fonte, é só clicar no link acima.

Agora vamos as curiosidades:
“A gente aqui desce o pau na China sobre assuntos como pirataria, design ruim, inglês sofrível ou violação dos direitos humanos.
Mas faça-se justiça, isso é a parte ruim da China. Existem coisas boas que devem ser mencionadas, além do rolinho primavera e do traseiro da Chun Li.

Depois do logotipo das Olimpíadas de Londres de 2012 (que já estão dizendo que todo esse banzé foi uma estratégia viral pra divulgar a marca, e se foi mesmo, foi um dos piores marketings de guerrilha criados até agora), ficou faltando um tapinha nas costas do pessoal que criou o logotipo das Olimpíadas de 2008, de Beijing.

bj_hiro_001

Ponto para a China, esse logotipo tem conceito baseado em algo sólido, no caso a cultura antiga chinesa, e não em “fish and chips” coloridos.

bj_hiro_002

Toda a programação visual foi baseada em ideogramas arcaicos chineses, os primeiros ideogramas que existiram há mais de 3.000 anos.
Esses pictogramas são de tirar o boné, uma sacada muito bem feita. Quem entender um pouco de ideogramas vai perceber algumas “inversões” capciosas de símbolos, como esse pictograma de natação, onde eles usam o trigrama “fogo” no lugar do ideograma e trigrama “água”:

bj_hiro_003

Esses ideogramas eram feitos talhados na pedra ou em madeira, não eram pintados, por isso a uniformidade dos traços. Depois eles foram evoluindo até chegar na versão conhecida até hoje, que deram origem aos ideogramas japoneses.

Essa tabela são ideogramas arcaicos chineses que eu fiz para meus estudos de filosofia da China antiga, são os ideogramas dos 64 hexagramas do I Ching, pra ver a semelhança com os pictogramas acima:

bj_hiro_004

Outra peça digna de nota é a tocha olímpica. O design foi criado pela Lenovo, e se chama “Nuvem da Promessa”, puxando o design pros símbolos arcanos de nuvens (as nuvens são o lugar onde moram e escondem os dragões, que representam as forças que criam todas as coisas no mundo).
O design é até interessante, mas não deixa de ter um quê de um badulaque que você pode comprar em uma daquelas lojinhas da Liberdade que vendem balinhas de melão.”

bj_hiro_005

Enjoy – E Hiro, congratulations pelo seu post. Abraço

4 comentários em “Sobre a marca das Olimpíadas de Beijing 2008

    vivi disse:
    agosto 11, 2008 às 11:47 pm

    É LEGAL

    vivi disse:
    agosto 11, 2008 às 11:48 pm

    EU ADORO ESTE SITE TEM COISAS MUITO LEGAIS

    caiocastro disse:
    julho 28, 2011 às 3:26 pm

    nao sao llegais devia ter algumas coisa mais inpressas caio castro

      Robson Vicentin respondido:
      setembro 16, 2011 às 5:06 pm

      naum entendi

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s