skin tattoo digital

Postado em Atualizado em

Pessoas, falei com o André do nósblogamos sobre o post abaixo, e ele me lembrou de uma parada de tatoo digital, lembro ter visto o mesmo que ele, algo sobre a Philips. Fui buscar e …

o Leo do Tattooshow explica:

Trata-se de uma nova linha de pesquisa da  gigante Phillips sobre novas tecnologias de nano sensores que são na verdade microscópicos artefatos que interagem por exemplo, a um estímulo elétrico.
Esta tecnologia promete revolucionar o aproveitamento de energia e também a manipulação de resultados sobre estímulos externos.

Bem, fiquei pensando: – Que coisa mais sinistra, vai ser mais revelador que qualquer outro estímulo que temos, pelo menos em termos de percepção visual. No Ig, reportagem de Rafael Rigues,  encontrei mais:

Um engenheiro norte-americano desenvolveu um conceito de um monitor sem fio movido a sangue que pode revolucionar a medicina e, quem sabe, as artes. Batizado de “Digital Tatoo Interface”, o dispositivo consistiria em uma fina tela composta de silício e silicone. Enrolada como um tubo, ele seria inserido no braço através de uma pequena incisão, e desenrolado em um espaço entre a camada muscular e a superfície da pele.

Em sua superfície, haveria uma microscópica matriz de esferas de tinta que podem ser manipuladas e mudar de cor com uma carga elétrica, se comportando como pixels em um monitor. Controlando um campo elétrico e quais esferas estão pretas ou transparentes, seria possível formar imagens na superfície da tela, visíveis através da pele como uma tatuagem dinâmica e interativa. O conceito é similar ao já utilizado em produtos baseados na tecnologia de papel eletrônico (e-Ink, ou e-Paper), como o leitor de e-Books Kindle, da Amazon.

A eletricidade necessária para o funcionamento do aparelho viria do próprio sangue do usuário: dois tubos, ligados a uma artéria e uma veia, circulariam sangue através de uma minúscula bomba, que converteria a glicose (açúcar) no sangue em energia elétrica. O dispositivo poderia se comunicar com outros aparelhos, de equipamentos médicos a telefones celulares, via Bluetooth. Em vez de tirar o celular do bolso para ver quem está ligando, bastaria olhar para o próprio braço.

O produto, por enquanto, ainda é apenas um conceito. Mas pelo menos parte da tecnologia necessária já é realidade: pesquisadores japoneses já desenvolveram uma minúscula bateria, do tamanho de uma moeda, capaz de produzir 0.2 miliwatts de energia elétrica a partir de substâncias encontradas no sangue do usuário.

Me parece que são tecnologias semelhantes, porém diferentes, enfim. Imagina agora as frases que a gente não gostaria ou gostaria de dizer quando se está puto, alegre, triste ou com a emoção que você queira imaginar. A gente podia dizer: – “tua cara já diz tudo!”- The best Lou Reed – enjoy

3 comentários em “skin tattoo digital

    André Damasco disse:
    julho 29, 2008 às 5:18 am

    caraca!
    bom, isso é muito sinistro.
    tenho um pouco de medo das consequências q isso pode gerar.
    não sei se aquilo q eu comentei que reage conforme as reações quimicas do corpo é fato, ouvi do meu irmão, mas preciso confirmar
    mesmo assim é apavorante.
    heheheh

    Dj disse:
    março 12, 2009 às 6:38 pm

    Eu achei muito interessante e bem revolucionário… só de pensar ao que isso pode levar daqui pra frente é de fato muito animador… n sei se de fato usaria isso… mas adoraria poder ter várias tatoos diferentes e sem muita dificuldade… hehehe…

    Tatuagem digital « Tattoo your Soul disse:
    janeiro 23, 2010 às 5:21 am

    […] Site consultado adtudo […]

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s