cotidiano

floripa sound experience

Postado em Atualizado em

Este semestre promete na Estacio de Sá em Santa Catarina. Tenho o privilégio de poder compatilhar meu tempo às quartas a noite com uma turma especial. Pessoas que toparam um desafio de comunicação total. Mais que uma disciplina é um curso expresso na graduação dessa galera. Competências a prova. Com um cliente real, parceiríssimo que topou a brincadeira acredito que será um semestre sensacional. Acompanhe o blog do projeto, floripa sound experience e novidades no adtudo e no perdi essa aula.

enjoy 🙂

Anúncios

drumbeat – um sentido a mais à colaboração

Postado em

Sábado, Dia 22 de Maio 14hs as 19hs no Coisas de Maria e João, Geral do Sambaqui, 1172 – Florianópolis/SC

Se você ama a internet, pode se perguntar: a web vai permanecer tão interessante, criativa e inventiva quanto é hoje daqui a 100 anos?

A Fundação Mozilla, criadora do Firefox, pensa que a internet pode e *deve* ser assim no futuro – mas, pra isso, ela deve permanecer aberta e livre. Para que ninguém não tenha que pedir permissão na hora de criar projetos na internet (nem a governos, nem a empresas). Para que ninguém tenha seu acesso piorado ou bloqueado quando estiver compartilhando cultura e conhecimento. Para que haja menos interesses políticos ou de mercado, e mais interesse público na rede.

É por isso que estamos começando a Batucada, uma iniciativa Mozilla Drumbeat no Brasil. Drumbeat é uma comunidade global que convida professores, artistas, advogados, cineastas e outros que usam a Internet no seu cotidiano para fazerem coisas que tornam a web melhor, e que ajudem a mantê-la aberta por um longo tempo. Já pensou em contribuir para traduzir o conteúdo da internet – inclusive o que está em vídeo – para português e várias outras línguas? Ou então ajudar as pessoas a entenderem melhor as questões da privacidade na rede? Ou produzir arte e cultura para festejar a abertura da web? Ou educar estudantes e outros públicos sobre a internet aberta? Queremos que você se envolva e participe da nossa versão tupiniquim da Drumbeat, a Batucada. E por isso estamos realizando um evento na sua cidade – assim você nos conta o que acha da história e juntos pensamos como podemos contribuir com essa causa.

Off e online, estamos construindo uma nova comunidade, que inclui nerds e geeks, mas também professores, artistas, designers, blogueiros, advogados e mesmo pessoas legais do governo. Venha para a Batucada Florianópolis aprender como você pode ajudar a manter a Internet aberta, ou então venha mostrar aos outros o que você já está fazendo pela web!

Confira a Agenda Batucada Florianópolis, e fique a vontade para adicionar um tema para discussão, editando diretamente nessa página, ou enviando um e-mail para mozilla-drumbeat-brasil@googlegroups.com

Só mais uma coisa: a comunidade global Drumbeat também apoia projetos de web aberta que trabalham com tornam a Internet mais aberta e livre.  Confira os projetos existentes ou crie/registre o seu em www.drumbeat.org/projects (por enquanto só em Inglês).

Venha para a Batucada para aprender, colaborar, ou mesmo propor um novo projeto de internet aberta.

Os eventos Batucada (como outros da comunidade Mozilla Drumbeat), são:

  • Ativos e participativos: nós vamos estar fazendo e construindo a internet aberta.  Menos conversa, mais ação!
  • Um convite para as pessoas que amam a Web, mas não são necessariamente nerds ou geeks.  Como parte da Batucada, as pessoas podem fazer muito mais do que software.  Videos, legendas em várias línguas, música, peças de arte, projetos de design, cursos, livros e muito mais!
  • Oportunidades para construir redes locais de pessoas apaixonadas pela web e para compartilhar o seu trabalho local com uma comunidade global.
Venha preparado para compartilhar sua visão para o futuro da Web, para contar os desafios que a internet propõe ou soluciona no seu trabalho e nos seus projetos de vida, e para dividir idéias de novos projetos que enfrentem esses desafios. Mais importante ainda, venha preparado para colaborar e construir a internet aberta!

O que? Drumbeat Florianópolis
Quando? 22 de Maio – 14hs as 19hs
Onde? Coisa de Maria e João, Geral do Sambaqui, 1172 – Florianópolis/SC

Atenção:
Para confirmar sua participação, preencha o formulário em http://moourl.com/drumbeatfloripa

Contamos com a sua participação! Até lá 😉

pampers nunca mais

Postado em

sei que parece radicalismo e é! nós pais da ana carolina, o somos a pouco tempo… 9 meses, imaginávamos que ela sempre usaria fraldas e da marca pampers, estamos sendo agraciados há meses, com fraldas defeituosas ou seja – COM FALHA NO CONTROLE DE QUALIDADE – problemas de fabricação, que após vários contatos com o SAC por fone e e-mail,  nunca nos atenderam a contento. Estamos com um baú cheio delas – não contatos, fraldas defeituosas. O que nos fez experientar outras marcas que, para nossa felicidade,  tem nos surpreendido positivamente, pelo preço e pela qualidade. Adeus pampers, pelo menos das nossas vidas, que pena, é incrível como uma marca permite-se ser descartada da opçãode compra de um consumidor por recusar a dar o mínimo… uma solução ao seu consumidor… vou usar esse exemplo de mkt de relacionamento nas salas de aula da graduação e pós onde atuo, inclusive levarei alguns produtos defeituosos para discussão em sala… enjoy :c)

Alguns Links: Reclame aqui, mundo das marcas ( tem consumidor indignado reclamando até onde não deve), e-familynet (é o negócio foi partir para outras entre elas a da turma da mônica), espaçomamae.wordpress (mamães não implorem, deixem de comprar. seus filhos deixarão as fraldas até que a pampers mude de atitude e pensem: –  assim que as vendas cairem ela repensará suas atitudes… o que você pode fazer? não comprar.), por favor… não esqueça que fralda descarável não é reciclável… fraldas ecológicas já

tem coisas que me fazem ter saudades de sampa

Postado em Atualizado em

Além das pessoas que gosto muito e moram em sampa, é o fato de poder ter bem pertinho eventos como o étudoverdade. As infos abaixo são chupê-colê, como diria o Messa. mas a fonte étudoverdade. a parada rola até dia 18 em sampa e no rio.

Gostaria muito de assistir o doc. Uma Noite em 67

A final do III Festival da Música Popular Brasileira da TV Record, em 21 de outubro de 1967, prometia. Disputavam os principais prêmios Chico Buarque de Holanda, Caetano Veloso, Gilberto Gil com os Mutantes, Roberto Carlos, Edu Lobo e Sergio Ricardo – que protagonizou a histórica quebra do violão no palco, depois da vaia à canção “Beto Bom de Bola”. Resgatando imagens de arquivo, com a apresentação de músicas como “Roda Viva”, “Alegria Alegria”, “Domingo no Parque” e “Ponteio”, o filme registra a explosão do tropicalismo, a radicalização de rachas artísticos e políticos em plena ditadura militar e a consagração de nomes que se tornaram ídolos até hoje no panorama musical brasileiro. Faz, assim, o balanço de uma época efervescente e da qualidade da geração que a liderou.

R: RENATO TERRA, RICARDO CALIL | DF: JACQUES CHEUICHE | C: JACQUES CHEUICHE | SD: VALÉRIA FERRO | S: dolby on | M: JORDANA BERG | Mu: – | Es: DENILSON CAMPOS | P: BETH ACCIOLY | PE: MAURICIO ANDRADE RAMOS, JOÃO MOREIRA SALLES | CP: VIDEOFILMES |

Filmografia do Diretor:
PRIMEIRO FILME DO DIRETOR
LAURA LIUZZI / CAROLINA BENEVIDES
LAURA@VIDEOFILMES.COM.BR

R: Roteiro – A: Animação – DF: Diretor de Fotografia – C: Operador de Câmera – SD: Som Direto – S: Som – M: Montagem – Mu: Música – ES: Editor de Som – P: Produtor – DP: Diretor de Produção – PE: Produtor Executivo – CP: Companhia Produtora.

Quem sabe assisto por aqui… um dia… enjoy 🙂

como parar de fumar?

Postado em Atualizado em

só quem fuma ou fumou sabe quanto é dificil parar. Acho que nem o tal do nioretti poderia me ajudar. A pessoa precisa ter mais que força de vontade ah! isso sim. O Comercial é bacana, pois ao mesmo tempo é uma crítica ao cinema americano, por outro lado, fiquei tentando em saber como aquela paradinha funciona, inclusive entrei no site mas no Brasil, ainda não vi produto similar. Será que a gente acende aquele nicoretti do filme?

O comercial parodia longas substituindo os cigarros dos protagonistas pelo produto que auxilia no combate ao fumo. fonte CCSP

Ficha Técnica:

Creative Type: Cinema – Agency: AMV BBDO  – Advertiser: Nicorette – Campaign title: ‘Films’ – Client name: Ben Peters and Adriana Stosio-Koelbl – Copywriter: Gary Walker – Art director: Huw Williams – Director: Adam Hashemi
Production co. producer: Ben Mann

Tive uma idéia. ATENÇÃO INDUSTRIA FRAMACEUTICA. Criem um cigarro do bem! da saúde. Imagina que ao acender, seu pulmão receberia doses de vitaminas e compostos regenerativos, mais de 400 substâncias. A fumaça limparia os dentes e os deixaria mais brancos e um hálito puro, afinal que fumante não resiste a unzinho depois do almoço ou do café? A fumaça seria como um bom defumador com cheiro de lavanda assim a pessoa não precisava se privar de algo no mínimo gostoso. Já cheirou suas roupas depois de uma night? e a chepa poderia ser mastigável, como uma goma sabor menta.  Ah! um dia eu paro.

você está no olho do furacao

Postado em Atualizado em

Prepare-se, usar eco bag é só o princípio. Reveja suas práticas cotidianas e seu consumo. Estamos em uma época comparada ao Renascentismo e a Revolução Industrial ou seja de mudanças extremas na economia, na sociedade mas fique atento: – estamos em transição. As mudanças não ocorrem por decreto ou por datas agendadas e sim por fatos históricos e para seu governo daqui a 20 anos vamos falar do sucesso ou fracasso de nossos atletas na copa do mundo ou das olimpíadas no Brasil e você vai lembrar de você e de suas atitudes, as mesmas que farão a diferença no mundo nos próximos anos, como dizem alguns de meus alunos: – “Ah! ce tá falando do efeito borboleta”, pode ser, se você entender que este seja o melhor significado para você ou gaia ou estamos todos conectados (antes mesmo da internet). Como dica de leitura sugiro o livro Necessary Revolution de Peter Senge e colegas. Ele autor do livro a 5º disciplina, promete sacudir as estruturas novamente. Kioto, Eco 92 e Rio+10 entre tantas é só o início. Prepare-se.

Curiosidades sobre o autor:

“As escolas de negócios são, de modo geral, verdadeiros desastres.”

É assim que Peter Senge, há décadas professor da Sloan School of Management do Massachusetts Institute of Technology (MIT), qualifica o atual sistema de ensino mundial. Para ele, o sistema ignora as especificidades dos negócios não permite que surjam inovações e desconsidera as demandas locais por mudanças.

Fonte: MKM consulting’s Weblog para saber mais acesse.

Veja o que te espera ou não – enjoy:)

inconsciente coletivo?

Postado em Atualizado em

Print

Print

comentário do post da e21 – Alessandro Duque (16:45:21) : –  Realmente a ideia é bacana, só que já existe uma campanha exatamente assim, criada por mim e pelo Hilton Monteiro para ao HEMOES (Governo do Espírito Santo). Como podemos COMPROVAR e PROVAR pelo post do CCSP e de outros sites abaixo, datados de meses atrás. seguem os links –  ccsp – só para assinantes o que fez com que eu deixasse de frequentar, pois era uma referência para todos nossos alunos na Estácio, Univali e outras instituições de ensino que participo ou participei. e no link da folhade vitória

então, o Duque deu o toque. não posso ser juiz nessa parada, mas acho importante deixar o espaço aberto para a reflexão. deixo minha admiração pela idéia, duque e hilton – parabéns. Mas acredito que concordem que a produção da E21 dá um banho. A variável verba? pode ser, mas quando se trata de campanhas de cunho social, em geral a gente cria e produz quase por filantropia, pelo menos alguns, mas tb é polêmico falar disso. Portanto deixo aqui o registro. enjoy 🙂