fotografia

tem coisas que me fazem ter saudades de sampa

Postado em Atualizado em

Além das pessoas que gosto muito e moram em sampa, é o fato de poder ter bem pertinho eventos como o étudoverdade. As infos abaixo são chupê-colê, como diria o Messa. mas a fonte étudoverdade. a parada rola até dia 18 em sampa e no rio.

Gostaria muito de assistir o doc. Uma Noite em 67

A final do III Festival da Música Popular Brasileira da TV Record, em 21 de outubro de 1967, prometia. Disputavam os principais prêmios Chico Buarque de Holanda, Caetano Veloso, Gilberto Gil com os Mutantes, Roberto Carlos, Edu Lobo e Sergio Ricardo – que protagonizou a histórica quebra do violão no palco, depois da vaia à canção “Beto Bom de Bola”. Resgatando imagens de arquivo, com a apresentação de músicas como “Roda Viva”, “Alegria Alegria”, “Domingo no Parque” e “Ponteio”, o filme registra a explosão do tropicalismo, a radicalização de rachas artísticos e políticos em plena ditadura militar e a consagração de nomes que se tornaram ídolos até hoje no panorama musical brasileiro. Faz, assim, o balanço de uma época efervescente e da qualidade da geração que a liderou.

R: RENATO TERRA, RICARDO CALIL | DF: JACQUES CHEUICHE | C: JACQUES CHEUICHE | SD: VALÉRIA FERRO | S: dolby on | M: JORDANA BERG | Mu: – | Es: DENILSON CAMPOS | P: BETH ACCIOLY | PE: MAURICIO ANDRADE RAMOS, JOÃO MOREIRA SALLES | CP: VIDEOFILMES |

Filmografia do Diretor:
PRIMEIRO FILME DO DIRETOR
LAURA LIUZZI / CAROLINA BENEVIDES
LAURA@VIDEOFILMES.COM.BR

R: Roteiro – A: Animação – DF: Diretor de Fotografia – C: Operador de Câmera – SD: Som Direto – S: Som – M: Montagem – Mu: Música – ES: Editor de Som – P: Produtor – DP: Diretor de Produção – PE: Produtor Executivo – CP: Companhia Produtora.

Quem sabe assisto por aqui… um dia… enjoy 🙂

Anúncios

eye

Postado em

eye-stock

enjoy :c)

àlcool e não só direção

Postado em Atualizado em

Básico, mas não tão básico assim. enjoy

Advertising Agency: euro rscg c&o Paris, France
Creative Director: Samuel Kadz
Art Director: Gilles Fanuchi
Copywriters: Pascal Charvet, Camille Najem
Photographer: Jerome Bryon
Published: June 2008

sweet

Postado em

enjoy

victims and benetton

Postado em Atualizado em

Pessoas, estamos na facul em pleno exercício criativo em busca do conceito do conceito de uma campanha publicitária, que tenho como referência ser ele a espinha dorsal de qualquer campanha bem sucedida. O Objeto de estudo foi fazer uma propaganda provocativa  ou chame como queira. Daí um dos participantes dessa atividade, o Digaum me deu um toque sobre o que o Toscani andava aprontando para as olimpíadas e o resultado? óbvio. Confira que a direção de arte faz toda a diferença:

Segundo o Portal da Propaganda:

Junto ao início oficial dos Jogos Olímpicos de Pequim, que aconteceu há poucas horas, na capital chinesa – evento que foi assistido por cerca de quatro bilhões de telespectadores ao redor do mundo –, a Benetton coloca em alguns dos principais jornais do mundo, como o Le Monde, o Corriere della Sera e o International Herald Tribune, um anúncio de oportunidade.

A peça, com fotografia de Erik Ravelo, mostra um soldado chinês e um monge tibetano, ambos frente à frente, de olhos ainda mais fechados do que o convencional, com as mãos em concha, em prece. Ao fundo, o único elemento que quebra o tom branco é a palavra “Victims”, de tradução óbvia, borrada quase em sua totalidade.

Segundo a Benetton, marca cuja imagem, através da publicidade, se fortaleceu por meio associações com causas e questões sociais, muitas delas extremamente polêmicas, o objetivo deste anúncio é chamar a atenção para um fato tão discutido atualmente e encorajar o público a uma reflexão mais ampla sobre uma convivência pacífica.

A nova edição da Color, revista customizada da marca, também traz o título “Vítimas”, mostrando 30 fotos do terremoto que abalou a região de Sichuan, juntamente com 30 orações de monges tibetanos que oferecem palavras de fé e de esperança às vítimas chinesas.

A ligação da Benetton com a fatos de mobilização social ficou consagrado pelas fotos de Oliviero Toscani, como a estampada em 1994 em um outdoor mostrando apenas as roupas do soldado croata Marinko Gagro, encharcadas com sangue proveniente da Guerra da Bósnia

Atenção meninos e meninas, espero que este post não mude os temas polêmicos que vocês estudaram, caso permitam, estou pensando em publicar alguns trabalhos aqui. Enjoy

pimenta

Postado em

enjoy