imprensa

he said no!

Postado em

Pensei, pensei, pensei de novo e postei. não quero entrar no debate, para isso tenho um link pra vc no debate e reflexão. minha opinião, não curti a idéia. respeito a sua, só tenho uma ironia que não poderia deixar de comentar, imaginando como o pessoal do CQC comentaria essa atitude: –  o público-alvo é o católico? seria para ele ter um g* celestial?  brincadeiras a parte,  diz o site terra:

França – 15h32 – Mulher segura preservativos com a imagem do papa Bento XVI e a frase “eu disse não!”, em Paris. Os produtos foram confeccionados para criticar a postura do Pontífice de rejeitar o uso da camisinha para combater a aids em declarações dadas durante sua recente viagem ao continente africano.

papa-1149109-5172-ga

Faltou dizer: – Soube que o Dalai-lama teve o visto negado para a África do Sul. eita!  mas o ponto positivo é que essa conferência sobre a paz foi até adiada por este fato.

“A conferência sobre a paz relacionada com a organização da Copa do Mundo de 2010 na África do Sul foi adiada depois da recusa das autoridades locais em conceder um visto para o Dalai Lama, anunciaram nesta terça-feira os organizadores do encontro.”

li na AFP by yahoo. enjoy ;c)

Anúncios

8043 – tira, põe, deixa ficar!

Postado em Atualizado em

Parabéns a jornalista Renata Giraldi. Gostaria de reproduzir aqui a matéria toda, mas você pode acessar ela na íntegra aqui, na folha on-line, permita-me resumir o que me chamou mais a atenção: – Em 2004, uma resolução do TSE (Tribunal Superior Eleitoral) extingüiu com 8.528 cadeiras de vereadores em todo país. A Câmara dos Deputados aprovou nesta terça-feira, (27/05) em primeiro turno, a PEC (Proposta de Emenda Constitucional) que aumenta de 51.748 para 59.791 o número de vereadores. hum… será que entendemos?


Ilustração – junião

Jó não tinha escravos e ninguém joga caxangá!

!Eis aí um mistério. A folclorista Fernanda Macruz, do Museu do Folclore, em São Paulo, passou cinco anos pesquisando o tema e não chegou a uma conclusão. Dos 120 jogos que estudei, esse foi o único cuja origem não descobri, lamenta. A brincadeira é simples: consiste em bater um objeto na mesa a cada sílaba da música e passá-lo para a pessoa ao lado na roda. Mas a letra é uma salada. O Jó citado é o personagem do Antigo Testamento que foi posto à prova por Deus e perdeu tudo o que tinha, exceto a fé. Só que o livro sagrado não diz em nenhum momento que o paciente Jó tivesse escravos. E, mesmo se tivesse, eles certamente não jogavam caxangá, que não é jogo nenhum. A palavra pode vir do tupi caa çanga, que significa reunião de rezadores, intriga-se Fernanda. Aparentemente, a letra foi tão modificada pelo tempo que perdeu o sentido. Em tempo: ninguém faz idéia de quem seja o Zé Pereira. – fonte superinteressante

Meu espanto é que faltaram 485 cadeiras para igualar ao número de cadeiras antes de 2007. Por outro lado, hoje pode ter segundo turno. Boa matéria para o CQC- Enjoy

O poder da vírgula, antes do asterisco.

Postado em

Há alguns dias que falei sobre o poder do asterisco, depois de ver este comercial da ABI, com magistral texto, direção de arte impecável me rendo ao poder da vírgula – enjoy